Imóveis: Quando atualizar ou renovar a carteira de bens

Se você herdou ou possui lojas, apartamentos ou qualquer outro tipo de imóvel e não está conseguindo bons valores para alugar, e tem muito trabalho com manutenção, talvez seja a hora de repensar e requalificar a sua carteira de imóveis.

A cidade está em contínua renovação, e a mudança das áreas exploradas pela população e pelas empresas provoca a alternância dos locais mais populosos ou frequentados. Esse fenômeno influencia a dinâmica do mercado imobiliário, sendo necessário estar a par das mudanças para conhecer quais áreas são as melhores opções para buscar oportunidades de negócios, quais locais estão mais propensos a receberem novas empresas, lojas ou moradores.

Neste post conversamos com Rodrigo Brandalise, diretor da Brandalise Imóveis, que traz dicas preciosas para aumentar a rentabilidade dos seus imóveis, reciclando sua carteira de bens.

  1. Por que renovar a carteira de imóveis?

Com o passar do tempo, localidades que eram vistas como interessantes e valorizadas são substituídas por novos bairros ou novas zonas de convergência de público. Seja pelo aumento da criminalidade em algumas regiões, seja pelo desenvolvimento e melhor infraestrutura de outras, o valor e preço de cada região da cidade são influenciados por diversos fatores.

Sabendo disso, é preciso lembrar que nos casos de apartamentos e lojas com condomínio mais antigos, a taxa de condomínio aumenta progressivamente devido ao maior custo de manutenção dos prédios, que tendem a precisar de mais reparos em termos do sistema elétrico, hidráulico, elevadores, segurança, entre outros. Quando chega este momento, é importante avaliar quais os bairros mais valorizados, onde estão localizados e quais os empreendimentos imobiliários que devem ser inaugurados em breve na sua cidade.

  1. Esteja atento às novidades do mercado imobiliário

Se você tornou-se herdeiro e adquiriu imóveis como parte de sua herança é bom ficar alerta para essa informação. Na maioria dos casos, quando uma pessoa herda um imóvel, existe uma resistência afetiva para desfazer-se do mesmo. Em algumas situações isso se dá porque o imóvel está na família há muito tempo, outras porque ainda não foi realizada a partilha ou pelo simples fato de haver receio em realizar um negócio que não seja vantajoso.

Na Brandalise, acreditamos que um imóvel tem a tendência de sempre se valorizar, mas mesmo assim deve-se analisar cada investimento de maneira individual, levando em consideração também a inflação, outras possibilidades de investimento, além das mudanças estruturais da cidade e regiões, que impactam diretamente no valor dos imóveis da região, para cima ou para baixo.

De qualquer maneira, como falamos no parágrafo acima, é importantíssimo ficar conectado com as variáveis do mercado imobiliário da sua cidade. Dessa forma, é possível antecipar as tendências, para estar no local certo e na hora certa.

  1. Quando renovar?

No momento em que o imóvel ou conjunto de imóveis está proporcionando mais prejuízos do que lucros ou uma rentabilidade muito baixa, está mais que na hora da mudança. Se pudermos antecipar este fenômeno então, mais chances você terá de manter seus lucros e migrar para investimentos mais rentáveis antes de ser atingido por baixas entradas ou gastos elevados.

Renovar sua carteira de imóveis possibilitará portanto,  melhores negócios, menos despesas e mais lucros. Converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e conte conosco para ajudá-lo a estar sempre alinhado com as tendências do mercado e obter máxima performance dos seus bens e empreendimentos.