Recuperação do mercado imobiliário: por que é importante saber sobre ela?


Depois de um forte momento de retração, a recuperação do mercado imobiliário está finalmente acontecendo. E se você pensa em investir em imóveis nos próximos meses, é importante saber mais sobre ela.

Afinal, essa recuperação irá impactar diretamente nas suas negociações – sejam elas sobre as formas de pagamento, aluguel, compra ou venda. 

A seguir, explicamos um pouco melhor sobre como aconteceu esse aquecimento e no que ele atinge você, cliente de imobiliária. 

Recuperação do mercado imobiliário: momento de aquecimento na economia 

A construção civil é um termômetro bastante importante para a economia do país. Sozinha, ela é responsável por cerca de 6% do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil. 

De acordo com as previsões do Sinduscon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) e da FGV (Fundação Getúlio Vargas), as previsões de crescimento em 2019 chegam a 2%, o que quebra uma sequência de números negativos dos últimos tempos. 

Agora, você deve estar se perguntando se essa previsão de concretizou… 

Na verdade, antes mesmo do final do ano, já temos informações bastante otimistas sobre a recuperação do mercado imobiliário. De acordo com dados da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção), somente no primeiro trimestre de 2019, a entidade registrou um avanço de 9,7% nas vendas de imóveis e de 4% nos lançamentos residenciais. 

Além disso, outro fator que contribuiu para o aquecimento do mercado foi a redução da Taxa Selic. Essa redução foi de 5,5% ao ano – o menor patamar desde 1996, ano de sua criação. 

Como esse aquecimento atinge o consumidor? 

Economicamente falando, e considerando a situação atual do mercado, podemos dizer que sim, é uma boa hora para investir num imóvel próprio. No entanto, não podemos considerar apenas o cenário externo na hora de fazermos um investimento tão importante. 

Questões pessoais, como estabilidade financeira, planejamento orçamentário e o crescimento familiar devem ser pensadas. 

Sendo assim, temos o fator da estabilidade financeira como um dos critérios mais importantes aqui. Isso porque, mesmo que a situação seja favorável, é necessário que haja segurança econômica para se investir grandes quantias em um imóvel próprio, sem precisar comprometer outras partes do orçamento. 

Quando falamos em pagamentos parcelados, esse fator apenas se agrava: já que será necessário ter um planejamento financeiro forte e que contemple dívidas a longo prazo. 

Depois de colocar essas informações na ponta do lápis e ver que você está realmente seguro para fazer esse investimento, siga em frente! Afinal, a hora é agora. 

Procurando o imóvel ideal?  

Então saiba que a Brandalise Imóveis pode ajudar! Com um extenso catálogo de imóveis nas principais regiões e bairros da cidade de Canoas, a Brandalise ainda conta com uma vasta experiência no espaço urbano da cidade – afinal, são mais de 50 anos atuando no mercado imobiliário canoense. 

Para saber mais, entre em contato através do site.